Incêndios em colheitadeiras e os extintores automáticos

Precisamos criar a cultura da prevenção de incêndio em colheitadeiras. A tecnologia para diminuir os danos já existe.



A combinação de palha, tempo seco e calor (do ambiente e da máquina) pode provocar incêndios devastadores em colheitadeiras. Existem centenas de vídeos mostrando a desgraça desde sinistro na internet. Muitas máquinas levam apenas um pequeno extintor, inútil em muitos casos.

Mas saibam que existem sistemas automatizados, com grandes cilindros, sistema de detecção de calor e canalização, para diversos pontos da máquina, disponíveis no mercado, para aplicações diversas como náutica, equipamentos e ambientes industriais, máquinas pesadas da construção civil e até mesmo para centros de processamento de dados (CPDs) de grandes empresas.

O extintor de incêndio automático

O sistema da empresa americana Paragon Fire é inteligente e ao mesmo tempo de uma simplicidade incrível. Um cilindro com o componente contra fogo, uma válvula, sensor de calor em forma de fio e canalização para levar o produto até os pontos mais importantes da colheitadeira. No momento do fogo, o sistema detecta a chama e dispara a proteção.

Demonstração do sistema da Paragon Fire em uma colheitadeira John Deere



Em uma Claas Jaguar 970

Elide Fireball, a incrível bomba que acaba com incêndios

A empresa Elide Fire fornece no mercado europeu a incrível "bola de fogo", uma esfera que explode em contato com o fogo, liberando o pó que acaba com as chamas. Para entender, melhor assistir ao vídeo. Cada bola destas custa cerca de 80 euros na Alemanha (cerca de R$330,00).



No Brasil, várias empresas do ramo de combate ao incêndio poderiam orientar sobre estes equipamentos. Falta uma conexão destas empresas com o mercado agrícola ou o problema é cultural?
Se você é empresário do ramo e fabrica ou revende equipamentos para o segmento agrícola, entre em contato com o blog. Vamos mostrar seu produto.